Wednesday, February 24, 2010

DEPRESSÃO

Vejo cada vez mais pessoas deprimidas. Até nas telenovelas agora há gente deprimida e tentativas de suicídio. Sinal dos tempos. Há quase dois anos que não tenho depressões. Mas não há dúvida que um mundo com tantas depressões, tentativas de suicídio, suicídios não presta. Este é o cerne da questão. A felicidade. Um mundo que faz as pessoas infelizes não serve. Não é preciso ir mais longe. Não é preciso calcular PIB's ou défices, não é preciso vomitar estatísticas. Se não queremos optar pelo suicídio ou pela depressão permanente ou pela loucura só há uma saída: mudar esta merda. Deitar esta merda abaixo. De uma vez por todas.

4 comments:

AZARÃO said...

Será que toda essa depressão é mesmo real?
Até que ponto se dizer deprimido não é uma maneira de nada fazer? Até que ponto as pessoas não usam a depressão como uma "muleta"?
Não podemos também esquecer que há todo um conglomerado farmacêutico que fatura bilhões com a venda dos tais remédios "tarja preta", até que ponto as pessoas não são induzidas a pensar que estão com depressão?
Aqui no Brasil, a depressão virou a doença da moda, principalmente entre os mais abastados, dá status ao sujeito estar deprimido. Acho lamentável.
abraços.

apedroribeiro said...

não deixa de ser verdade. Mas também é verdade que as pessoas estão cada vez mais infelizes. Não são só os mais abastados. O Homem está doente.

AZARÃO said...

sabes o pior?
O Homem é quem deixou doente o Homem.

apedroribeiro said...

certíssimo.