Monday, December 21, 2009

QUATRO DA MANHÃ


São quatro da manhã. Não consigo dormir. Regressei a Henry Miller. "Sexus". Há uma nova luz. Que volta a ser de Jesus. (E não estou a falar do Benfica). Uma luz que me seduz. Que me conduz até à Gotucha. Que deixa tudo o resto para trás. Que me deixa cheio de gás. Que me faz recomeçar. Que me dá forças. Que me aquece as tripas. É do whisky. Sou do whisky. Bebi whisky dois dias seguidos. E agora não tenho sono. Agora vou até de manhã. Sou da noite. Venho da noite. Escrevo. Escrevo porque é a única coisa que sei fazer. A única não: também sei estar no palco às vezes. Nem sempre. Há vezes em que as coisas começam a correr mal como no sábado. Parecia estar tudo bem até que só tinha uma gaja a olhar para mim. As outras viraram as costas. Nem com a "Menina" lá fui. É muito doloroso estar no palco e sentir que quase ninguém te está a dar atenção mesmo que estejas a dar o litro e que tenhas de continuar. Mas, enfim, também já tive a glória. Mas a glória vem e foge. Como a Gotucha. São quatro da manhã. Escrevo. Não sei onde quero chegar. Sei que quero a Glória e a Gotucha. Sei que procuro. Que não sou bem como os outros. Que atiro coisas fora. Que não ando aqui atrás do dinheiro. Quando muito espero que ele venha ter comigo. Escrevo para matar as horas. Escrevo para combater o tédio. A maior parte das pessoas ficou formatada para ir atrás do dinheiro e do estatuto. Eu só corro atrás da glória. E da Gotucha. Sou um rei que não é deste reino. Se calhar nasci no tempo errado. Se calhar sou eu que estou certo. O mundo é que está errado. Tenho o mundo na mão e ando aos trocos. Serei Deus? Serei Jesus? Porque é que os deuses me puseram aqui? O whisky é outra coisa. Bebes e sentes-te mais senhor. Bebes com Deus e com o demónio. Porque é que as gajas não olharam para mim? Isso fez-me sentir tão mal. Estarei velho? Too old for rock 'n roll. Ou será que perco com a música? Provavelmente sim. Mensageiro dos deuses. Como escreve Platão no "Íon". Nem sempre estou abençoado. Nem sempre a estrela me segue. Quatro e meio da manhã. Não consigo dormir. Ouço Dead Can Dance.

3 comments:

Claudia Sousa Dias said...

para estarem todas a olhar para ti e a cair-lhes a baba tens de adquirir o corpo de um deus.

quando o quiseres consegui-lo-ás.

nessa altura alas olham para ti e ficam com vontade de te arrancar as calças em palco.

como ao Jim. Como ao Cobain.

mãos à obra.

a dieta é imperativa.

tens de dizer adeus à cerveja. e ao whisky.


csd

apedroribeiro said...

pois, isso não é para mim.

Claudia Sousa Dias said...

então, meu querido amigo, não tens do que te queixar...



csd