Thursday, May 06, 2010

MANIFESTO DA CANDIDATURA DE ANTÓNIO PEDRO RIBEIRO À PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA


MANIFESTO DA CANDIDATURA DE ANTÓNIO PEDRO RIBEIRO À PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA

O poeta António Pedro Ribeiro, aderente nº 346 do Bloco de Esquerda, declara-se candidato à Presidência da República, com o apoio do Partido Surrealista Situacionista Libertário. A candidatura será apresentada no bar Púcaros, no Porto (Âlfandega) na próxima quarta, dia 12, pelas 23,30 h.


Numa era em que o mercado, a bolsa e as agências de rating comandam tudo. Numa era em que o Presidente e o Governo se limitam às contas de mercearia. Numa era em que a revolução alastra na Grécia. Numa era em que os diversos poderes nos reduzem à condição de mercadoria. Numa era em que a economia é uma treta. Numa era em que a dignidade humana percorre as ruas da amargura. Numa era em que o país só anda à batatada por causa da bola. Numa era em que a moeda cai. Numa era em que no meio do caos se faz o Carnaval. Numa era em que "a revolta torna a crise passageira". Numa era em que o melhor governo é não existir governo nenhum. Numa era em que a esmagadora maioria dos políticos mete nojo. Eu, António Pedro Ribeiro, 41 anos, declaro-me candidato à Presidência da República.
Numa era em que o tédio reina. Em que as lutas pelo poleiro já enfadam. Numa era em que começamos a ficar fartos do paleio da norma. Numa era em que já não há pachorra para as conversas da corte e para as falinhas mansas. Numa era em que o futuro se faz agora. Eu, António Pedro Ribeiro, 41 anos, declaro-me candidato à Presidência da República.


António Pedro Ribeiro ou A. Pedro Ribeiro é autor dos livros "Um Poeta no Piolho" (Corpos, 2009), "Queimai o Dinheiro" (Corpos, 2009), "Um Poeta a Mijar" (Corpos, 2007), "Saloon" (Edições Mortas, 2007), "Declaração de Amor ao Primeiro-Ministro" (Objecto Cardíaco, 2006), "Sexo, Noitadas e Rock n' Roll- três edições-Pirata, 2004) e "À Mesa do Homem Só. Estórias" (Silêncio da Gaveta, 2001). É diseur e performer, tendo actuado duas vezes no Festival de Paredes de Coura em 2006 e 2009 (esta com a banda Mana Calórica) e nas "Quintas de Leitura" do Teatro Campo Alegre no Porto em 2009. Nasceu no Porto em Maio de 1968, viveu em Braga, e actualmente reside em Vilar do Pinheiro (Vila do Conde).

Com os melhores cumprimentos,

António Pedro Ribeiro
tel. 965045714
Serafim Morcela

http://partido-surrealista.blogspot.com
http://tripnaarcada.blogspot.com

5 comments:

manufactura said...

...como é que um surrealista é deste bloco de esquerda?... fará sentido????

apedroribeiro said...

só estou lá inscrito, não ponho lá os pés há cinco anos. Não me identifico com o Louçã.

manufactura said...

...então e vamos ter o senhor candiato aqui na covilhã? se nos presentar com umas poesias o pessoal aqui arranja a dormida e a jantarada:) :) :)...

apedroribeiro said...

ok, ok, obrigado. Com todo o gosto.

Manuel Anastácio said...

Eu até voto em ti. Mas achava bem que os aderentes que não concordam com as políticas actuais do partido são aqueles que não se deviam ausentar. Ou capitular é surrealista?