Wednesday, August 25, 2010

A DITADURA DAS MAIORIAS

A DITADURA DAS MAIORIAS




António Pedro Ribeiro




A democracia é a ditadura das maiorias.




A maior parte das vezes a maioria vem do homem pequeno, do rebanho, daquele que teme a solidão, por isso tende a imbecilizar-se. O homem da maioria vai normalmente atrás do rebanho. Teme ficar mal visto pelo grupo, pela maioria. Segue as opiniões dominantes, as opiniões do tem que ser, da maioria.


Já pouco nos atrai na democracia, na partidocracia.


Defendemos, como Platão, um governo de filósofos. Um governo de homens e mulheres justos, eticamente irrepreensíveis, sábios.


Nada vemos disso nos governos de hoje, por isso temos o que temos: corrupção, charlatanice, prepotência, mercearia, imbecilidade.


Já pouco nos diz a democracia.


Os partidos, mesmo os de esquerda, permanecem ancorados à economia, à linguagem redutora da economia, isto é, ao mercado e à mercearia.


Nada dizem de substancialmente novo, de elevado, de sublime.


Aspiram à maioria.


Tentam convencer o rebanho.


Nada mais.


Nós, caminheiros da solidão, não somos deles.


Nunca poderíamos ser como eles.


in www.freezone.pt

1 comment:

AZARÃO said...

Concordo contigo, a democracia é a ditadura do rebanho.
Bem-vindo de volta!